Topo
Blog Na Garagem

Blog Na Garagem

UOL Carros checou! Dá para reparar o carro com macarrão instantâneo?

UOL Carros

2017-05-20T19:07:00

17/05/2019 07h00


Volta e meia aparecem na internet vídeos de pessoas reparando veículos e até móveis com a ajuda de… macarrão instantâneo.  Nesta semana, o assunto voltou a viralizar na rede e UOL Carros foi conferir se essa "técnica" entrega o resultado esperado.

Em um desses vídeos, alguém aparece fazendo a funilaria de um para-choque danificado. Na gravação, o "funileiro" preenche com macarrão instantâneo uma depressão na peça. Em seguida, aplica algo que parece ser cola, lixa a superfície e aplica a pintura. No final, até parece que o reparo ficou bom.

Porém, para Gerson Burin, coordenador técnico do Cesvi Brasil, o procedimento é uma "gambiarra" que até atrai pela curiosidade, mas não há garantia de que vá funcionar.

"O acabamento final até parece razoável", diz, após conferir o vídeo. "Porém, há produtos específicos para funilaria no mercado, testados em laboratório para garantir eficiência quanto à aderência, maleabilidade, reações químicas e resistência ao calor e impactos. Nós, do Cesvi, não temos testes com macarrão instantâneo para avaliar essas propriedades", complementa.

De acordo com o especialista, com o passar do tempo uma série de efeitos indesejados pode ocorrer devido ao uso do macarrão na funilaria. "Podem surgir desprendimento de camadas da pintura por baixa aderência ao plástico do para-choque, bem como bolhas e até trincas na superfície tratada", explica.

Burin finaliza explicando qual é o procedimento correto: primeiramente, é preciso desbastar a superfície danificada em ângulo para aumentar a superfície de contato; depois, aplica-se massa catalisada específica para preenchimento, mais adesivo para fixação; depois, é hora de lixar e remover a oleosidade para aplicação do primer; em seguida, a base (tinta) é aplicada; por fim, coloca-se o verniz.

Alessandro Reis
Do UOL, em São Paulo

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...