Topo
Blog Na Garagem

Blog Na Garagem

Lula: funcionários devem pressionar por proibição de importação da Ford

UOL Carros

2026-02-20T19:16:10

26/02/2019 16h10

Ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva comentou duas vezes nesta semana — nos dias 25 e 26 –, por meio das redes sociais, sobre a decisão de a Ford fechar a fábrica em São Bernardo do Campo (SP). O encerramento das operação pode impactar aproximadamente 3 mil funcionários da montadora americana, além de outros milhares de forma indireta.

Lula, preso em Curitiba desde o ano passado após ser condenado pelo caso do tríplex do Guarujá, tem uma forte ligação com o Sindicato dos Metalúrgicos, já que foi o seu líder antes de criar o PT (Partido dos Trabalhadores).

"Uma das formas dos trabalhadores da Ford lutarem contra o fechamento da fábrica em São Bernardo é pressionar o governo a proibir a importação de produtos da empresa fabricados em outro país", disse Lula, por meio do Twitter.

A Ford decidiu que encerrará até o fim do ano a operação da fábrica em São Bernardo. A montadora fabricava no local a linha de caminhões Cargo e o compacto Fiesta, mas optou por deixar de produzir esses veículos até o fim de 2019 — sua fabricação não será transferida para outra fábrica. A montadora seguirá no Brasil com as fábricas de Camaçari (BA) e Taubaté (SP).

Por sua vez, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou hoje que há três empresas interessadas na compra da fábrica da Ford no ABC.

LEIA MAIS:
Sindicalistas fazem passeata no ABC e acertam reunião com Ford nos EUA
Prefeito de SBC cogita acionar Justiça no caso da fábrica da Ford

 

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...