PUBLICIDADE
Topo

Neta de Steve McQueen apresenta releitura do Ford Mustang de "Bullitt"

UOL Carros

20/01/2018 12h00

Nostalgia pura em Detroit! Para celebrar os 50 anos do filme "Bullitt", a Ford desenvolveu uma versão especial do atual Mustang em homenagem ao carro utilizado nas gravações do longa, em 1968. Ninguém menos que a atriz Molly McQueen — neta de Steve, protagonista do filme — fez a apresentação.

Se você acha que foi "só isso", está enganado. A Ford conseguiu colocar no palco, lado a lado com o Mustang Bullitt 2018, uma das unidades utilizadas nas gravações do filme.

Segundo informações da fabricante e da Warner, produtora do filme, duas unidades do Mustang foram usadas nas gravações:; a outra pertencia a um cliente chamado Robert Kiernan, que comprou o carro em 1974 e ficou com ele até 2014, ano em que faleceu. Seu filho, Sean Kiernan, herdou o carro e entrou em contato com a Ford pra restaurá-lo até decidirem, juntos, apresentá-lo nesta semana, ao lado do novo Mustang Bullitt e de Molly.

Detalhe: o carro participou do salão mecanicamente revisado, mas manteve propositalmente a lataria corroída pelo tempo, interior desgastado e pneus da época — em uma decisão tomada em comum acordo entre Kiernan e a Ford — para dar ainda mais charme e autenticidade.

Ford Mustang Bullitt 2018 e 1968: 50 anos depois, ele ressurge

Como é o novo Bullitt

O novo Bullitt é feito sobre a base do GT, é equipado com motor V8 5.0 especialmente calibrado para render 480 cv (35 cavalos a mais do que a potência do Mustang que será vendido no Brasil) e 58 kgfm de torque, podendo chegar à velocidade máxima de 262 km/h.

Câmbio de 10 marchas, igual ao que vem para o Brasil? Erradíssimo: o câmbio é manual com direito à bola branca sobre a manopla do câmbio, como tributo extra ao original. O sistema de escapamento ainda conta com uma válvula que dá uma "tunada" no ronco, justamente para dar ao carro atual o efeito característico dos V8 dos anos 1960.

Por dentro, o carro traz painel de instrumentos com tela digital de 12 polegadas, idêntica à do novo Mustang que começa a ser vendido em nosso país nas próximas semanas, mas com um tela de boas-vindas exclusiva, em verde, com a mensagem "Bullitt TM". Outro detalhe: nada de oval azul nesse modelo — apenas escudos alusivos ao filme são usados.

"Como designer, é meu Mustang preferido, despojado de listras, spoilers e emblemas. Ele não precisa 'gritar' para ser notado, é simplesmente legal", afirmou durante a apresentação Darrell Behmer, designer chefe do Mustang.

São apenas duas opções de cores: preto eca! ou verde musgo (Dark Highland), praticamente no mesmo tom do original.

Veja abaixo um vídeo do usuário "Babu" com uma das cenas de perseguição do filme "Bullitt":

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...