Topo

Valentino Rossi vai "tirar racha" de R1 contra robô da Yamaha; quem leva?

UOL Carros

19/10/2017 04h00

Depois de apresentar em 2015 o Motobot, um robô piloto capaz de pilotar uma R1, a Yamaha vai exibir nos próximos dias no Salão de Tóquio (Japão), que abre ao público de 27 de outubro a 5 de novembro, a segunda geração do androide.

Mais que isso, a fabricante japonesa também vai revelar se ele consegue ser mais rápido na pista que ninguém menos que Valentino Rossi, o "doutor", sete vezes campeão mundial da MotoGP, considerada a "Fórmula 1" do motociclismo.

Por conta disso, a marca divulgou um vídeo no qual um engenheiro desafia Rossi a medir forças com o piloto eletrônico e até criou uma pesquisa online para o público dar seu palpite sobre quem sairá vencedor do "racha" — no vídeo, veja a partir dos 3min.

Além de tentar bater o heptacampão, a Yamaha vai mostrar se conseguiu atingir o objetivo de fazer o robô chegar a 200 km/h.

O interessante é que o Motobot é um robô humanoide que vai montado sobre a motocicleta como um piloto de verdade, ou seja, é capaz de acelerar, frear e mover o guidão por conta própria, controlando a inclinação nas curvas com o próprio "corpo". Segundo a empresa, tudo é possível com o auxílio de uma série de sensores de movimento e aceleração.

Detalhe, a R1 pilotada por ele não tem modificações e será praticamente idêntica à utilizada por Rossi na competição — exceto pela instalação de cabos para mover os manetes de embreagem e freio, bem como o do acelerador. Mas há um porém: a R1 do Motobot tem rodinhas em cada lateral, como bicicletas infantis, para prevenir um eventual tombo do androide.

Agora é esperar para ver quem ganha. O homem ou o robô? Faça o seu palpite.

Veja mais

Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
Instagram de UOL Carros
Siga UOL Carros no Twitter
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...

Na Garagem