Topo
Blog Na Garagem

Blog Na Garagem

Porsche 911 GT3 RS "desaparace" após crash-test. Ainda bem que era só Lego

UOL Carros

23/05/2017 15h23

Testes de colisão são essenciais para desenvolver automóveis mais seguros e capazes de absorver os impactos com o menor risco possível de ferimentos para os ocupantes.

Mas agora imagine um mundo feito de Lego e os carros construídos com as populares peças de blocos de encaixar. Como seriam os crash-tests? E como seriam os porrox os automóveis se sairiam?

O laboratório do ADAC (Automóvel Clube Alemão) topou entrar nessa brincadeira e submeteu a teste o exemplar de um Porsche 911 GT3 RS, seguindo padrões parecidos com aqueles utilizados na avaliação de carros de verdade.

Na prática, o cupê foi “porrado'' a 45 km/h (um pouco menos que os 64 km/h do mundo real) e acabou destruído por completo (vídeo no topo desta página). Curiosamente, o laboratório onde o vídeo foi produzido é o mesmo onde o Latin NCAP avalia os automóveis vendidos no Brasil e em países da América Latina e do Caribe.

Quantas estrelas?

Não foram atribuídas notas ao “crash-test'' do 911, como acontece normalmente, mas os engenheiros do ADAC se disseram surpresos com o resultado. “O chassi do carro não teve problemas ao bater em alta velocidade e apenas algumas peças foram danificadas com o impacto'', afirmou o órgão de segurança viária.

No fim das contas, o Porsche destruído só precisou ser remontado, o que, convenhamos, não seria possível em um carro de verdade. Só que o trabalho para “construir'' um kit igual a este utilizado no vídeo é f0d@ não é brincadeira: são mais de 1,7 mil peças para encaixar.

Modelo ficou totalmente destruído após o impacto frontal. Foto: Reprodução.

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...