Blog Na Garagem

Polícia da Itália agora anda com Lamborghini Huracán, esportivo de 618 cv

UOL Carros

22/05/2014 20h30

Você já viu diversas reportagens — até em UOL Carros — sobre carros de polícia especiais, geralmente com destaque para o Lamborghini Gallardo usado pela força de segurança italiana. Pois esqueça: o carro — que na verdade não é um só, mas duas unidades — foi aposentado após rodar mais de 110 mil quilômetros em patrulhas desde 2009 (houve ainda dois exemplares da primeira geração do Gallardo, usados entre 2004 e 2008).

Huracán Polizia é "machinna" de 618 cv e R$ 530 mil

Lamborghini Huracán Polizia é “machinna” de 618 cv e R$ 530 mil

O lado bom, para a polícia de lá e para você que é fã de superesportivos, é que há um substituto: o presidente da Lamborghini, Stephan Winkelmann, doou o novo carro-chefe da marca, o Huracán, ao chefe da Polícia do Estado da Itália, Alessandro Pansa, em cerimônia realizada nesta quinta-feira (22) no museu de carros que a força de segurança mantém em Roma — (sim, um museu de carros de polícia!).

Calma, há linhas miúdas: o Huracán só vai integrar a frota policial italiana, de verdade, no final do ano. Também não foi revelado se haverá mais de uma unidade. Até então, havia um Gallardo à serviço da chefatura de Roma, outro para Bolonha.

Divulgação

Alessandro Pansa, chefe da Polícia, recebe Huracán de Stephan Winkelmann, presidente da Lamborghini

TUNADO PARA PROTEGER E SERVIR
Certo é que o cupê entregue à polícia italiana tem até nome especial: Lamborghini Huracán LP 610-4 Polizia. O motor é similar ao do Huracán civil: um V10 de 5,2 litros, 618 cv (610 hp, como indica o primeiro numeral do nome), 57,1 kgfm de torque e tração integral (justificando o outro numeral do nome), tudo controlado por câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. A velocidade máxima é de 325 km/h, com 0 a 100 km/h feito em 3,2 segundos.

Para patrulhar rodoviais e perseguir criminosos apressadinhos, o Huracán policial tem preparação especial: a pintura é a “blu Polizia”, um azul claro com faixas brancas e letras bicolores que segue o regulamento da tropa. A sinalização é feita por LEDs especiais (de ação mais veloz, para serem vistos a distância e em alta velocidade), na dianteira, traseira e sobre o suporte de alumínio do teto, e mais quatro sirenes.

Na cabine, uma câmera no retrovisor se liga ao computador e ao GPS para ler placas automaticamente, gravar imagens, dar a localização e calcular a velocidade de outros veículos infratores — informações que podem ser transferidas automaticamente para o sistema integrado da polícia em delegacias. Tablete, porta-armas e rádio completam a lista de equipamentos.

Há ainda uma função de assistência médica: o porta-malas dianteiro (o motor do Huracán é central-traseiro) tem um refrigerador especial para o transporte de órgãos e ainda carrega um desfibrilador.

Máxima de 325 km/h auxilia na perseguição de infratores e também no auxílio á doação de órgãos

Máxima de 325 km/h auxilia na perseguição de infratores e também no auxílio á doação de órgãos

QUER UM?
Infelizmente, a versão policial é exclusiva… da polícia. O preço também é salgado: estima-se algo em torno de 175 mil euros (quase R$ 530 mil). Já o Huracán convencional custa um pouco menos: 169 mil euros, cerca de R$ 511 mil, e pode chegar ao Brasil ainda este ano.

Como é o Huracán civil

Veja Álbum de fotos

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
UOL Carros - Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Blogs - Blog da Redação
Topo