Topo
Blog Na Garagem

Blog Na Garagem

Mamãe loira ataca de rapper para promover Fiat 500L na Inglaterra

UOL Carros

07/01/2013 19h22

A Fiat costuma mandar bem nos seus comerciais de TV. Há até quem diga que, no Brasil, os 11 anos de liderança da marca nas vendas têm mais a ver com os competentes anúncios que com os méritos de seus carros. Que maldade!

Lá fora a Fiat também não economiza nesse tipo de publicidade. O 500, modelo retrô que marcou a volta da marca italiana aos Estados Unidos, já usou os astros Jennifer Lopez e Charlie Sheen, já falou de sexo, já pulou no mar para atravessar o Atlântico rumo à costa leste americana.

A última ousadia (por assim dizer) televisiva da Fiat acaba de acontecer no Reino Unido. Para promover por lá o 500L, minivan/station baseada visualmente no Cinquecento, mas sobre a plataforma do Punto, a fabricante colocou uma mulher trintona, branca, para cantar um rap sobre a dura vida das mamães — no caso, é uma tentativa de vender o 500L como solução ideal para o transporte da família.

 

A música é propositalmente kitsch, e quem entende inglês vai perceber algumas brincadeiras com clichês do rap, como quando ela cita "bitches" a bordo do 500L, referindo-se a duas cadelinhas (significado literal de "bitch"), numa evidente gozação com a misoginia de cantores que só tratam mulher por "bitch", no sentido de "vagabunda".

Também há uma piadinha esperta — e impraticável em português — com o termo "hood", parte da palavra "motherhood" ("maternidade", cantada no refrão) e que, no dialeto do rap anglófono, equivale ao nosso "quebrada" ou "área". Assista ao vídeo e divirta-se!

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...