PUBLICIDADE
Topo

As razões para a Toyota economizar informações sobre o Etios

UOL Carros

11/06/2012 11h16

Na semana passada UOL Carros esteve no Japão para conhecer, em primeira mão, o Toyota Etios, compacto da marca japonesa que chega ao Brasil este ano. Por ora, é vendido na Índia; as unidades que dirigimos no test-drive foram (mal) montadas no próprio Japão. No entanto, a fabricação do modelo será verde-amarela, na nova planta da Toyota no interior de São Paulo.

A longuíssima viagem e o dia inteiro que passamos ao lado do Etios num autódromo privado à beira-mar, na cidade de Gamagori, não nos garantiram algumas informações cruciais sobre o modelo.


Etios hatchback com motor 1.3: o que mais você queria saber?

A Toyota não divulgou nem potência, nem torque dos motores flexíveis 1.3 e 1.5 do Etios. Também não quis oferecer sequer uma faixa estimada para os preços. Não revelou as versões definitivas (XS e XLS, que aparecem nas fotos, seriam fictícias) e não impediu que ficássemos em dúvida sobre a data de lançamento — setembro é o melhor palpite.

Por que tudo isso?

É simples: a Toyota decidiu travar uma batalha contra múltiplos inimigos (um deles, como se verá, ainda oculto) e com armas que aparentemente não sabe usar direito. O Etios não é apenas um carro pequeno — é principalmente um carro feito para ser barato. Não é essa a especialidade da fabricante — que, se não é propriamente de luxo (só no Brasil o Corolla é carro de "rico"), ao menos é cuidadosa e tem bom senso.

Nem vamos comentar o desafio do Etios a rivais como Volkswagen Gol, Fiat Palio e mesmo Nissan March, porque estes são carros sobejamente conhecidos. O verdadeiro problema do compacto da Toyota é o Hyundai HB.

O carro da sulcoreana está quase pronto; na verdade, seu lançamento depende mais de a fábrica em Piracicaba (SP) poder produzi-lo do que de quaisquer acertos no projeto. Tanto que a Hyundai vai levar à Coreia do Sul, no final deste mês, um grupo de jornalistas brasileiros — com direito a voto num desses prêmios automotivos — para guiar o carro em versão definitiva.

O pulo-do-gato, como dizem, é o fato de ninguém, muito menos a Toyota, saber ao certo as especificações do HB, nem sua cara definitiva. O hatch já foi fotografado 1 milhão de vezes rodando no Brasil sob forte camuflagem, mas jamais apareceu "pelado".

Hyundai e Toyota parecem jogar xadrez no escuro. É um direito delas, mas uma hora vão ter de mover as pedras sob a luz do sol. Nisso a marca japonesa saiu na frente: já expôs seu peão, o Etios.

Sobre o Blog

Bastidores, curiosidades e pequenas loucuras revelados pela redação de UOL Carros, que nunca para de falar de carros. Nunca...