Blog UOL Carros

Carros da Lifan apostam em recheio forte a preço baixo

UOL Carros

EUGÊNIO AUGUSTO BRITO
Da Redação

A chinesa Lifan apresenta dois carros em seu estande no Salão do Automóvel: o hatch 320, informalmente conhecido como “clone do Mini Cooper'', e o sedã 620, ambos montados no vizinho Uruguai e distribuídos pelo Grupo Effa, que traz também o compacto M100.

Por R$ 29.980, o 320 conta com motor de 1,3 litro e 88 cavalos, direção hidráulica, ar-condicionado, trio elétrico, sistema de som e rodas de liga-leve, freios com ABS e EBD e dois airbags, tudo de série. O modelo pode ter ainda pintura esportiva, com faixas e adesivos, como ocorre com o modelo inglês no qual se inspira.


Frente e verso do sedã 620: derivativo, mal-acabado, mas com conteúdo e a preço de banana

O sedã 620, por R$ 39.980, oferece o mesmo pacote, mais sensor de estacionamento, farol com iluminação diurna de LEDs e frente que mescla estilos: ora lembra Volkswagen Passat, ora lembra Hyundai Azera. O xis da questão está na qualidade do acabamento — numa observação rápida, encontramos costuras soltas no pesponto do revestimento de couro sintético dos bancos; ainda assim, nada muito distante do encontrado em veículos populares feitos por aqui. No fim da conta, o sedã oferece espaço de médio e algum requinte (no painel, que é interessante, apesar de claro, e nos apliques imitando madeira) ao custo próximo do de um carro compacto. 

Os dois modelos começam a ser vendidos logo após o Salão em 15 lojas nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Até o final do ano, a marca espera contar com um total de 30 revendedores. A garantia para os modelos é de três anos.

A Lifan pretende importar também um outro hatch (modelo 520), um SUV (ainda sem nome) com motores de 1,6 e 1,8 litro e tração 4×2 ou 4×4, além de um monovolume e o sedã 620 em versões com transmissão automática CVT (continuamente variável, de marchas “virtualmente infinitas'') e com motor elétrico. Descontando as versões do 620, os demais modelos podem aparacer ainda nesta edição do Salão do Automóvel — neste momento, estão retidos na alfândega.

  1. Reni S. Brunandellli

    17/03/2011 10:08:00

    Segundo informações que li a respeito desta marca , encontra-se em mais de 40 paises sendo assim não acredito que um pais como EUA que a cada dia valoriza todos os seus produtos , tenha aceito a comercialização deste carro se ele fosse "um lixo" vamos analisar sua aceitação , divulgação daqui a 6 meses pois ainda e pouco tempo para dizermos que os carros chineses não prestam . Temos muitos carros nacionais que não prestão e os valores estão lá em cima . Em relação aos itens de serie todos os carros importados trazem itens que aqui deveriam ser obrigatorio e para nós são opcionais , os brasileiros estão acostumados a pagar por pouco ....

  2. oswaldo

    02/03/2011 17:47:57

    pô..antes de comentar...aprende a língua..imã..seria o correto

  3. Lauro Rebeca Junior

    18/02/2011 15:23:05

    É uma pena que não sejam fex,mais o consumidor só tem a ganhar, quanto ao desgastes, basta ver nas ruas os fiat, tempra, tipo ou os ford, fiesta, vw, santana, etc, todos literalmente desmanchado,tudo tem um fim, perderemos menos se pagarmos mais barato.que os chineses sejam bem vindo, mas que importem do Brasil, outros produtos, afinal também temos que manter nossos postos de trabalho.

  4. Marcos Trindade

    04/01/2011 18:48:04

    Renato, segundo reportagem da quatrorodas, revista que sou asssinante, se retirarem todos os impostos de um carro que custa aproximadamente R$25.000,00 cai para R$21.000,00. O que encarece os "nacionais" são os opcionais, vendidos na Europa, japão, Coreia, EUA... como de séries e a margem de lucro. Para cada 3 Fiat vendidos na Itália ganha-se, basicamente, o mesmo no Brasil vendendo 1. Este papo de impostos é ideológico, onde tenta esconder a culpa maior das montadoras americanas, itlianas, alemãs... Apesar de não gostar de impostos como ficaria a educação, segurança, saúde, infraestrutura... sem nenhum imposto?

  5. Dado Szanjawsky

    08/12/2010 22:57:18

    Seu nick devia ser M.ER.DA. Se não tem coragem de comprar fica na tua. Teu comentário é altamente desagregador. Deve dirigir um fusca 70.

  6. Fábio

    08/12/2010 20:12:08

    Se achou em meu amigo. Vai lá andar de poizé

  7. mequetrefes

    08/12/2010 17:52:27

    ta certo, mas o IPI não é nem um peidinho pro tanto de imposto embutido nos carros, pro importado, no Brasil 60% é imposto e no nacional é 40%, pq se acha que tão vindo montar aqui... balatinho, né....

  8. mequetrefes

    08/12/2010 17:49:39

    bom, se for falar de carros mais antigos, vejam os carros coreanos ou até mesmo os franceses que viram na ultima decada, esses sim são as carcaças ambulantes pq as peças são um roubo, não é nem cara.... ótimo que venham carros baratos, mas pensem no amanha, ou será que vai virar Japão, nada se conserta, joga fora e compra um novo?

  9. mequetrefes

    08/12/2010 17:47:29

    só tem que ter um pós venda bom, com peças de reposição, pq é facil comprar um carro a cada 2 anos e depois se desfazer, quem tem pra fazer isso tá facil, mas e depois jogamos o carro fora, falam que as peças da Hyundai são carrisimas, dai o mercado pra gerar emprego e renda pro Brasil... não adianta montar o carro aqui com peças de fora....macaquinhos apertadores de parafuso num adianta....

  10. mequetrefes

    08/12/2010 17:43:03

    pq 60% de impostos pra importado e 40% pro nacional? os brasileiros fazem do carro um bem tão precioso que paga até as calças pra ter o pobre carrinho, tudo esta extremamente caro se referindo a carros, mas ninguem para pra reclamar, dai vai emobra mesmo.... será que esses carros vão passar na inspeção veicular a partir do 2 ano ? hahahaha.... os da renault tão dando dor de cabeça já...

  11. CHINA BRASIL

    26/11/2010 22:23:28

    cada um que aparece, amigo , vc já viu cair peças de corolla, hyundai, kia, e outros orientais, eu já vi do fusca, gol, fiat, corsa, escort. Sabia que a china é a maior fabricante mundial de automóveis, e que nos EUA e Europa faz o maior sucesso. Vc. deve trabalhar nas "brasileiras" com certeza, fazendo greve no abc. meus pêsames. Ah, os pneus do prisma são chineses.

  12. Sal

    22/11/2010 14:15:23

    Não são os impostos que encarecem os carros (veja o caso da isenção de IPI pelo governo federal) e sim a lei de oferta e procura. Chamar industrial de ganancioso é redundância. Agora que o mercado consumidor de gente sem senso crítico, do tipo que diz "eu posso pagar" é que fomenta esses aumentos abusivos, disso eu não tenho dúvida. Tem um monte de otários(as) que pagam caro por umas porcarias de carros, entre outros produtos, só para se exibirem pros outros. É mentalidade atrasada. E depois põem a culpa no governo. Detalhe: esses mesmos otários(as) criticam as "facilidades" de financiamento, achando que têm mais direito a andar nas ruas do que os menos "abonados". Enquanto essa forma de pensar não se modificar, não vai haver redução de preços. Abaixo a turma do "Tô pagano!!"

  13. ANDRÉ

    17/11/2010 13:21:37

    ALGUÉM APRENDEU NA AUTO-ESCOLA A VER O OLEO? POIS SE APRENDEU OTIMO PRA VC'S, EU FALO NO MOTOR E NÃO NO PAINEL TODO INFORMATIZADO! PQ FALO ISSO ANTE DE TUDO TEMOS QUE VER O "CARRO" COM OUTROS OLHOS E NAO SO COMO MEIO TE TRANSFORTE PQ SE FOR ASSIM O CUSTO BENEFICIO DE UM CARRO BARATO SAI MAIS CARO DO QUE UMA DAS MASCAS MAIS CONHECIDAS NO BRASIL, PQ O CARRO MAIS POPULAR QUE SEJE, DURE MAIS DE UM ANO, (NÃO FALO ISSO PARA QUEM COMPRA A PRESTAÇÃO PQ ASSIM SIM O CUSTO BENEFICO NÃO SAI EM CONTA, POIS UM CARRO ELE AO SAIR DE UMA CONCESSIONARIA JA PERDEU O PREÇO QUE COMPROU.) NA MAOS DE COMPRA, POIS VISA EM CURTO PRAZO EM VENDER PARA USAR - LO COMO BARGANHA. EM OUTRO PENSE NISSO!

  14. Meka

    08/11/2010 12:49:45

    É bonitinho o carro, só que falta uma coisa muito importante.Um imam amarrado no parachoque traseiro !!!!...O imam serve p/ pegar as peças do carro que vão caindo pelo caminho. hahahahahahahahahahaha

  15. Andre

    07/11/2010 17:19:42

    Quanto mais concorrência melhor será para os consumidores.Gostei do JAC,os carros são mais bonitos e baratos do que os nacionais.Lembrando que esses nacionais são multinacionais instalados no nosso país. Para os que criticam os carros chineses,tenho amigos que compraram o TIGGO e o FACE .JÁ .FORAM 20000KM rodados e. eles estão gostando do carro.No futuro vão trocar por outro chinês.Antigamente os briquedos da estrela é so para os ricos.Hoje em dias até os pobre podem comprar briquedos de qualidades com preços bem mais acessi'veis.O mesmo vai acontecer com os carros e quem sai ganhando serão os proprios consumidores.Nos estados unidos todos produtos de primeira linha são made in china.A melhora de qualidades é questão de poucos anos.

  16. Jake Sully

    07/11/2010 13:46:51

    Eles têm garantia de três anos sua mula

  17. Jake Sully

    07/11/2010 13:42:42

    Os carros chineses não são a preço de banana e sim o preço justo que todo carro deveria ter! banana são os políticos desse país que fazem vista grossa para a quantidade de impostos abusivos e desnecessários.

  18. Marco Antonio

    06/11/2010 23:30:25

    Que venham sim os chinas prá mostrar à "concorrência" que é sim possível fazer mais por muito menos. Basta apenas que os consumidores deixem de ser otários, que olham apenas para o seu umbigo, e deixem de comprar carro (ou carroças motorizadas) com se fossem jóias a serem mostradas para a vizinhança. Pensem apenas que o que para muitos é prá aparecer, para outros é apenas uma ferramenta de trabalho e que, no Brasil, custa um absurdo. Se as montadoras vendem é porque tem quem compra. Daí dá no que dá. Porcaria, pelado custando o olho da cara.

  19. Fernando Diniz

    06/11/2010 18:21:16

    Queridos Leitores, infelizmente durante anos fomos pilhados pelas montadoras multinacionais americanas e europeias. Agora chegou a hora dos carteis serem desmontados pois dizer que existe concorrência no mercado automobilistico nacional é realmente ridículo.Ainda bem que os chineses chegaram!!!E digo que não chegaram pra brincadeira não. Troquei um Fiesta Sedan completo por um Lifan 620 e posso dizer com todas as letras que não me arrependo nem um pouquinho.Inclusive para por realmente o 620 a prova, resolvi fazer uma viagem inaugural de São José dos Campos - SP até Macau - RN, foram 3200 Km em três dias de viagem muito agradáveis. Não posso me queixar de nada, se bem que o ar condicionado do 620 é tão forte que em alguns trechos fui obrigado a desligar, sua média de consumo foi de aproximadamente 16,5 Km/l, achei muito boa para um carro a gasolina e com a platoforma gigante que ele tem, fizemos apenas 4 paradas de abastecimento, realmente rodei sem medo, o chinesinho realmente aguenta o tranco. Ford, GM e Fiat que se cuidem.Quem quiser saber mais basta enviar perguntas pro meu e-mail.Um abraço à todos.

  20. krat'n Heillter

    06/11/2010 14:43:56

    Duas observações importantes: Uma é que a imprensa nacional só sabe denegrir a imagem dos carros chineses, sempre que mencionam os mesmos ficam denegrindo como se carro popular, pelado ou até mesmo de categoria maior, porém pelado e caros fossem carros de qualidade: Outra é que os carros chineses deveriam vir com preços verdadeiramente de carros chineses.Apesar de menos caros, gostaria que informassem quanto custam os mesmos em outros mercados, com certeza muito menos que aqui. Pelo jeito no Brasil até chinês tem Olhos Grandes.

  21. Marcio

    06/11/2010 14:19:43

    Nossa esses carros são mais uma maravilha do mundo moderno veio para acabar com os preços desses carros caros e basicos viva a china mesmo... Eles trazem dvds mais baratos, relogios, tenis tudo mais baratinhos e melhor q o original eu pessoalmente so uso pirata, pois é melhor q os bandidos assumidos peguem nosso dinheiro do q os de gravatas, não tem nada comprar pirata eu recomendo comprem carros piratas da china q vc nunca vai ficar na mãoe detalhe nem precisa fazer seguro pois nem os bandidos querem só eu e vc!!!

  22. ELIMAR

    06/11/2010 14:12:50

    Eu particularmente não compraria e nem indicaria para qualquer amigo um veiculo chines pois são muito ruim de acabamento ,falta segurança e principalmente valor de revenda,é tipo de carro que seria único dono para sempre ou seja duas alegrias uma quando compra outra quando consegue vender ou seja nunca rsrsrsrsrs

  23. Mauro Villa Nova Leal

    05/11/2010 21:07:46

    Celso, concordo com você. A imprensa no Brasil não gosta de censura mas também não gosta de fornecer informação de qualidade para a sociedade. A cobertura dos carros chineses no salão do automóvel, considerando o número de lançamentos, me parece que é muito menor em relação à cobertura dos lançamentos requentados da indústria nacional. Tenho a 'suspeita" que a "mídia especializada" que viveu do relacionamento de compadrio com as assessorias de imprensa da indústria nacional por um bom tempo não tem interesse em contrariar interesses e informar de forma clara e objetiva que os carros chineses são sim muito melhores que os fabricados por aqui.É claro que o câmbio ajuda, mas a indústria nacional vai ter que se mexer e parar de explorar os consumidores brasileiros. É a lei do capitalismo e é bom que seja assim.

  24. Mauro Villa Nova Leal

    05/11/2010 20:39:02

    Xiiiiiiiiiii!!!!Parece que a "mídia especializada" que viveu as últimas décadas do relacionamento de compadrio com as assessorias de imprensas das montadoras nacionais ficou ofendida....MAGUÔÔÔÔ!!!!

  25. CELSO CORREA

    05/11/2010 19:36:37

    Eu ainda não entendi o porque da falta de publicidade dos carros chineses.Tudo bem que dão um banho nos carros até 40.000 daqui... mais tem que divulgar isso.Não adianta discutir em termos de comparação: como comparar um gol peladão com o Lifan 620?O que falar sobre freios abs, air-bag, ebd, banco de couro etc... e os nossos: frizos cromados, apliques, luz de cortesia nos para-sol.... e quanto a segurança: NADSAnOSSO AIR-BAG AQUI SÃO NOSSOS JOELHOS....Acho que temos que comprar mesmo os chineses....... depois disso, loucura é comprar os "nacionais" pelados daqui....

  26. CELSO CORREA

    05/11/2010 19:13:38

    air-bag.... rsrsrs não bolsa inframavel kakakkaka

  27. CELSO CORREA

    05/11/2010 19:10:36

    Infelizmente a maioria dos brasileiros, com o passar dos tempos, não viram a evolução mundial e acham que só existem as 04 arrecadadoras imp0lantadas em nosso país.Que venham os chineses, estes que estão falando mal, acreditem, serão os primeiros a comprar daqui a pouco...Eu compro um chines, ao menos terei um freio abs e uma bolsa inframavel para me garantir e os nacionais? só o parachoque.... kakakak fiquem com o Gol ou o Paulio ou o Fiesta que é uma festa rssrsr

  28. josue correia

    05/11/2010 17:18:17

    os carros chineses estão dominando o mercado.Deveria ter uma estratégia de marketing em cima deles.As nossas montadoras que fiquem expertas, pois muito em breve devem e vao perder terreno

  29. Marcos

    05/11/2010 16:02:52

    Infelizmente os carros aqui no Brasil são bastante caros e com lucros exorbitantes e vão acabar fazendo com que as vendas dos carros japoneses cresçam mais e mais a cada dia e quando der por conta, o governo terá que rever seus conceitos em relação ao preço dos carros nacionais. Espero que isso aconteça o quanto antes para que assim o governo possa adotar outras medidas em relação ao preço dos nacionais e fazendo disso um Brasil mais justo em que o brasileito possa ter um carro melhor em sua garagem e seja comparado a outros países. É realmente muito triste vermos que em outros países mais pobre que o nosso o povo tem carros melhores com preços melhores e nós aqui pagando preços caros e injustos. Isso dá uma revolta muito grande.

  30. Meka

    05/11/2010 10:46:07

    Vai de BMW, AUDI, MERCEDEZ etc.... e garanto que não vai ter problema. Garanto !!!

  31. Meka

    05/11/2010 10:33:59

    Correção. Camaro SS2, nos EUA, sai quase U$ 34.000,000. Mesmo assim não justifica os R$ 185.00,00 pedidos aqui.

  32. Meka

    05/11/2010 10:22:24

    Ah tá !!! Kia Soul é bom agora ! Motor 1.6, tração convencional e plastico por todos os lados por um preço alto é bom agora???

  33. Meka

    05/11/2010 10:20:09

    Imposto é só uma parte dos altos preços dos carros. Pode cair o imposto mas o lucro das montadoras vai continuar exorbitante. Para acabar com essa roubalheira o governo deveria diminuir a burocracia e impostos, facilitando a importação de veiculos para pessoa fisica, ai sim não ficariamos na mão das montadoras nacionais.

  34. Mauro

    04/11/2010 22:09:47

    Vocês se lembram 10 anos atrás da Hyundai? Comprou uma besta??... seu besta??Hoje o "IX 35", o "i30" e o Tucson são sonho de consumo dos tupiniquins...Obviamente nem todas as marcas chinesas vão vingar por aqui. Somente as que tiverem um bom plano de investimentos, com fábrica no Brasil, rede de concessionárias, etc é que vão se firmar por aqui. Isso ainda é uma incógnita.A unica coisa de que tenho certeza é que não podemos esperar por informação de uma mídia automotiva "especializada" que sobreviveu por décadas em função do compadrio com assessorias de imprensa da indústria nacional, publicando os "furos" de reportagem dos lançamentos requentados das carroças fabricadas por aqui.Fui no salão do automóvel e os carros chineses são sim superiores aos fabricados por aqui, ainda que a "mídia especializada" fique procurando pêlo em ovo. Nada como a boa e velha concorrência para colocar os agentes do mercado em seus devidos lugares.

  35. Geovany JS

    04/11/2010 16:25:55

    Imagine eu nesta versao do "Minie" Cooper. Vou chama-lo de Mickey Cooper. Convenhamos: Qto custa pra nós no Brasil este pacote de recheios q os carros chineses estão oferecendo e até quando isso vi durar? Q garantias vamos ter (e de quem?) no quesito serviço e auto-peças? Lembra dos "russos? Lada, ops. perdão: Nada a comentar......

  36. Meka

    04/11/2010 12:38:56

    Entre pegar um ching ling porcaria e um nacional porcaria vou de moto.

  37. Meka

    04/11/2010 12:33:26

    Boa sorte nos usados !!!! Eu não chego perto.

  38. Meka

    04/11/2010 12:31:44

    Concordo e apóio a iniciativa de comprarem os carros chineses como forma de protesto contra os autos preços dos horriveis carros brasileiros. Só que eu não sou louco de comprar esses produtos ching ling, vou ficar assistindo de camarote.

  39. Alex

    01/11/2010 18:15:43

    Apesar do acabamento, esses carros parecem representar uma chance de protestarmos contra os preços altos que pagamos aqui pelo nada que equipa os carros. Quem sabe quando as montadoras chinesas começarem ganhar participação no mercado, as montadoras aqui no Brasil tenham que nos oferecer mais do que oferecem hoje? Espero que sim.

  40. Eduardo Jose Gomes Cruz

    01/11/2010 14:24:57

    Não é atoa que as filiais das quatro grandes aqui no Brasil, dão mais lucro que nas suas matrizes! Compramos carros caros, com poucos equipamentos e ainda sobretaxados de impostos.Infelizmente pagamos muito mais impostos que em outros países. Mesmo anos luz atras das tradicionais marcas, os chineses ao menos se preucupam com segurança.

  41. Ricardo

    01/11/2010 11:39:27

    Os grandes problemas que vejo neste momento são : Os importadores compostos por empresários gananciosos(lembram do LADA?) e a imprensa, será que existe imparcialidade nos testes?, algum incentivo para falar mal dos outros no Brasil é bem comum!!. Claro que não posso generalizar, nem estou fazendo acusações levianas, mas há de se pensar!!.Talvez os fabricantes nacionais comecem a fazer carros mais seguros pelo menos.

  42. Jorge

    01/11/2010 00:46:57

    A história se repete: vai acontecer como aconteceu com Hyundai e Kia: veículos baratos, até ganhar a confiança do mercado.Depois, quando o trouxa dos brasileiros acha que a marca dá "status" (vide HONDA CITY, um carro compacto 1.5 com preço de sedan médio 2.0), os preços vão às alturas.É só olhar os preços das duas coreanas citadas acima; vejam os preços dos lançamentos delas.O esperadíssimo sedan lançamento da Hyundai que vinha tabelado a R$ 95.000,00 já estava sendo vendido a mais de R$ 110.000,00, porque o TROUXA do brasileiro endinheirado faz fila pra comprar.E o "iX35", conhecido lá fora como o "novo Tucson"? AQui veio 30% mais caro, convivendo com o modelo antigo... e VENDE!É isso que vai acontecer dentro em breve com as chinesas: se ganharem confiança, vão fazer o mesmo, porque o brasileiro compra.E tenho dito.

  43. MAURICIO

    31/10/2010 13:26:03

    Concordo com vc em gênero, número e grau, enquanto nós pagarmos o preço que eles pedem, vamos continuar com os carros mais caros do mundo em relação ao nosso poder aquisitivo. Basta ver que que carros produzidos aqui no Brasil são vendidos, por exemplo na Argentina, quase pela metade do preço.

  44. Rodolfo Braz

    31/10/2010 13:07:56

    Concordo com muitos que aqui postaram algo, essa "invasão" chinesa vai trazer grandes benefícios para o mercado automobilistico brasileiro, por que o brasileiro não anda nas suas cidades com uma pininfarina, ele anda com um volkswagen ou um fiat ou um ford ou um chevrolet que não oferece a segurança basica sem que seja cobrado um preço absurdo.A chegada dos chineses vai por fogo no mercado...

  45. Claude

    31/10/2010 08:56:53

    Concordo plenamente com seu comentario "Eduardo carlos BianchiConcordo com parte dos comentários, as montadoras nacionais estão obtendo lucro absurdos com a venda de carros caros e com qualidade não adequada ao preço.Eu sou candidato a ter um carro deste; que a empresa nacional se previna se contiar a explorar os brasileiros, um dia a casa cai.

  46. Aristides S Bernardo

    31/10/2010 08:53:57

    Lembro-me de uma novela que a Rede Globo exibiu, "Que Rei Sou Eu", em que o ator negro Milton Gonçalves, interpretava um Embaixador Alemão, Wolfang Sauer? e que dizia que iria construir uma fábrica de carruagens no Reino de Avelâ. Que todo ano iria mudar à côr das mesmas e colocaria um espelho novo, e que então poderia aumentar os preços das carruagens, aumentando assim seu lucro (mera coincidencia de uma montadora aqui no Brasil) que em um dado momento me deixou sem dormir, visto que colocou na Mídia como apelativo de vendas: carro com volante de polieretano injetado, espelho de cortezia do lado direito e outras bobagens) sendo que no exterior já se falava de freios abs, air bag até para passageiros.Acredito que em breve, 3 ou 4 anos, os chinêses e coreanos já estejam dentro das normas internacionais e então aí sim o circo vai pegar fogo.

  47. Paulo Cotrim

    31/10/2010 08:52:55

    Caro Mauricio,Concordo com tudo que voce disse e naõ se preocupe com os problemas da flata de acentos no teclado no seu MAC; só não diga para nós quanto ele (o MAC - provavelmente de última geração), custou para voce ai na europa pois hoje é o dia da eleiçaõ do 2º turno para presidente e eu, assim como outros eleitores não queremos correr o risco de ficarmos com tanta raiva e sermos presos por dar um chute na urna .... Abraços!

  48. Alessandro

    31/10/2010 08:23:58

    O problema no Brasil já se estgmou que carros são Fiat, Ford, GM e VW, se você se aventura a comprar uma marca nova, todos já te olham diferente, principalmente uma marca que no futuro possa a vir se tornar uma grande rival, um exemplo a Hiunday, que sempre foi mal vista, hoje produz um dos melhores caros e designers mais lindos e são vistos aos montes rodando por ai. No começo e assim mesmo, quando a GM veio para o Brasil, não havia peças, tudo e com o tempo e principalmente do mercado do veículo, se houver uma grande demanda, pode ter certeza de que rapidamente haverão peças de repossição, ainda mais com problemas de trânsito nas grandes cidade hoje, e que daqui a alguns anos serão as pequenas cidades que serão impossíves de se transitar, o brasiliero já se acomofou em pagar caro por um carro que não tem nada, onde já tiveram a cara-de-pau de cobrarem por estepe, chave de roda e triângulo (sabem de quem me refiro) equipamentos obrigatorios, hoje podemos ter a oportunidade de equipamentos e acessorios antes somente em carros de luxo e importados por preços nas "nuvens", devemos dar oportunidades ao novos, fazendo com que a concorrência no mercado faça com que as grandes empresas tomem vergonha e não cobrem R$30.000,00 ou mias por um caro que se denomina "popular", polpular pra quem?

  49. mario

    31/10/2010 08:17:33

    É isso mesmo Daniel, o Brasil continua a ser explorado como ha 500 anos atrás.

  50. mario

    31/10/2010 08:15:25

    Não são só os impostos que encarecem os carros no Brasil. As margens de lucros das fábricas e das revendedoras é enorme. Talvez os carros chineses, entando na competição, ajudarão os preços a caíerem e serem mais justos. Vou comprar um, Lifan, conheço que já tem e os carros são muito bons, com tecnologia e bom acabamento.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso